• Converse com seu mastologista

    Reconstrução mamária

    Faz parte do tratamento de câncer de mama.
  • Cuide-se e faça os exames preventivos.

    Câncer de mama

    Tem cure se diagnosticado precocemente.

Newsletter

Cadastre-se e receba nosso boletim informativo.

Bem-vindo a Sociedade Brasileira de Mastologia Regional RS

Somos a entidade oficial responsável pelo combate ao câncer de mama no Rio Grande do Sul, mais de 90% dos casos câncer diagnósticados precocemente tem cura.


Diagnósticos

Mais de 90% dos casos de câncer diagnosticados precocemente tem cura.


Mamografia

Faça mamografia anualmente após os quarenta anos.


Visite um Profissional

Visite um médico mastologista regularmente.


Destaques

Deseja mais informações?

Ligue: (51) 3014-2001

Dúvidas Frequentes

Os médicos recomendam a primeira mamografia entre 30 e 35 anos. Por volta dessa idade começam a ocorrer as primeiras transformações hormonais na mulher. A mamografia também é importante porque mulheres que trazem algum gene mutante podem manifestar o câncer nesta época.

A mamografia é o único exame capaz de detectar uma lesão cerca de cinco anos antes dela se tornar palpável, ainda na fase de microcalcificação. O uso da mamografia associado ao ultrassom garante 97% de acerto nos diagnósticos de câncer de mama.

O câncer de mama pode apresentar vários sinais e sintomas, como:
 

  • Nódulo único endurecido.
  • Irritação ou abaulamento de uma parte da mama.
  • Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo).
  • Edema (inchaço) da pele.
  • Eritema (vermelhidão) na pele.
  • Inversão do mamilo.
  • Sensação de massa ou nódulo em uma das mamas.
  • Sensação de nódulo aumentado na axila.
  • Espessamento ou retração da pele ou do mamilo.
  • Secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos.
  • Inchaço do braço.
  • Dor na mama ou mamilo.

O autoexame de mama não substitui o exame clínico que deve ser feito a cada dois anos a partir dos 30 ou 35 anos. Mas a mulher pode ajudar na detecção precoce do câncer de mama fazendo o toque das mamas. Mas encontrar um nódulo não quer dizer que seja um câncer. Só um médico pode fazer o diagnóstico após exames.

  • O autoexame é recomendado  a partir dos 20 anos de idade;
  • A periodicidade deve ser mensal;
  • O ideal é fazer a palpação das mamas entre o quarto e o sexto dias após o fim do fluxo menstrual;
  • Mulheres que não menstruam devem fixar uma data para fazer a avaliação;
  • As mulheres devem fazer a apalpação dos seios em frente ao espelho e durante o banho ou deitadas;
  • Na frente do espelho, a mulher deve observar se há deformação ou alteração no formato das mamas, abaulamentos ou retrações e feridas ao redor do mamilo;
  • No banho ou deitada, a mulher deve observar a presença de caroços nas mamas ou axilas e secreção nos mamilos.

Galeria de Vídeos

Últimas Notícias